Instruções de Coleta 2017-07-17T20:57:01+00:00

Laboratório Bioanálise

Qualidade garantida para atender você!

Instruções importantes pré-coleta

Para o laboratório clínico é indispensável que o preparo do paciente, a coleta, o transporte e a manipulação dos materiais a serem examinados obedeçam a determinadas regras. Antes da coleta de sangue, é importante conhecer, controlar e, se possível, evitar variáveis que possam interferir nos resultados dos exames laboratoriais.

As informações a seguir são essenciais ao paciente, principalmente se forem transmitidas pelo profissional médico de sua confiança. Elas podem evitar que o paciente tenha que voltar outro dia para coleta dos exames ou omita informações importantes como o tempo de jejum, essencial em alguns exames e que, em alguns casos, podem levar a interpretações clínicas errôneas. Uma vez orientado por seu médico o paciente ficará mais seguro dos cuidados que antecipam a coleta do exame, auxiliando o laboratório de análises clínicas na qualidade dos serviços prestados.

Há muitos casos em que é necessário o laboratório solicitar nova amostra do material devido falta de assepsia ou coleta inadequada, como exemplo exame de urina e urocultura, ou ainda, no clearence de creatinina devido à falta de orientação adequada.

É primordial estas informações ao paciente para reduzir ao mínimo os interferentes pré-analíticos nos laboratórios de análises clínicas, auxiliando assim o médico no diagnóstico do paciente sem interferentes, dúvidas ou até mesmo discordâncias laboratoriais.

– A coleta deve ser feita preferencialmente até duas horas após o horário habitual de o cliente acordar.
– Anotar medicamento(s) do(s) último(s): 30 dias.
– Jejum: Para todas as idades, jejum mínimo necessário de 8 horas.
– Jejum de 3 horas;
– Pausa sexual por 2 dias antes de realizar o exame;
– Não fazer exercícios em bicicleta (ergométrica ou não) ou praticar equitação nos 2 dias que antecedem o exame;
– Após sondagem uretral, toque retal ou uso de supositório aguardar 3 dias;
– Após ultra-som transretal: aguardar 7 dias;
– Após colonoscopia ou retossigmoidoscopia: aguardar 15 dias;
– Após exame urodinâmico: aguardar 21 dias;
– Após biópsia de próstata: aguardar 30 dias.
– Ao acordar pela manhã esvaziar totalmente a bexiga desprezando esta urina.
– A partir daí, colher rigorosamente todas as micções (inclusive à noite) e não apenas uma parte. Caso aconteça de esquecer alguma micção, interromper a coleta e inicia-la novamente no dia seguinte.
– Colher toda micção e também, integralmente, a primeira micção do dia seguinte, no mesmo horário em que jogou fora a do dia anterior.

 

Importante:

 

– É fundamental que seja entregue ao laboratório toda a amostra da urina de 24 horas. Qualquer erro nesta coleta, implicará em erro nos resultados.
– Evitar fazer a coleta em dias nos quais haja mudança nos seus hábitos (dieta, exercícios físicos, stress, etc).
– Informar peso, altura do paciente.
– Colher as amostras em recipiente limpo e seco, preferencialmente em frasco fornecido pelo laboratório ou em garrafas de água mineral, a fim de evitar contaminações.
– A coleta deve ser feita até duas horas após o horário habitual do cliente acordar, de preferência antes das 8:30 horas da manhã.
– É necessário informar os medicamentos em uso dos últimos 30 dias, em especial os glicocorticóides.
Jejum: Para todas as idades, jejum mínimo necessário de 8 horas.
Para realização do exame citoquímico o paciente deve estar em abstinência sexual de 72 a 96 horas.  Para monitoramento de vasectomia não é necessário abstinência sexual, cultura depende da orientação médica.
Urinar antes de realizar a coleta, desprezando toda a micção no vaso.
Lavar muito bem as mãos e os genitais com água e sabonete, e secar com toalha de papel.
Não usar saliva, água ou qualquer outro tipo de lubrificante durante a masturbação.
A coleta deve ser feita em frasco estéril, que deve estar semi-aberto e destampar somente no momento da ejaculação e fechado logo após a coleta.
A amostra deve ser obtida por automasturbação (este é o único modo de obter uma amostra correta).
Coletar diretamente no frasco coletor, tendo o cuidado para não perder material, principalmente o primeiro jato, e nem tocar no interior do frasco.
Fechar rapidamente o frasco coletor, identificar com o nome completo e marcar o horário exato da coleta.

 

Importante:

 

Após o recolhimento, esta amostra deverá ser enviada ao laboratório dentro de um prazo máximo de 15 minutos. O material não pode ser refrigerado.
– Jejum: não obrigatório.
– Há drogas que podem induzir formação de anticorpos anti-nucleares e síndrome semelhante ao lupus eritematoso, como procainamida, hidralazina, anticonvulsivantes, alfa metil dopa e penicilinas.
– Para a coleta deste exame, recomendamos que o jejum não seja superior a 14 horas.
– O cliente não deve realizar esforço físico antes da coleta.
– O uso de medicações por via oral e/ou de insulina para o tratamento do diabetes deve seguir a orientação do médico assistente. Todavia, sugere que esses medicamentos sejam administrados após a coleta da amostra para minimizar o risco de hipoglicemia.
– Jejum: Até 3 anos de idade, jejum mínimo necessário de 3 horas.
De 3 a 9 anos de idade, jejum mínimo necessário de 4 horas.
Acima de 9 de idade, jejum mínimo necessário de 8 horas.
– A amostra deve ser colhida conforme solicitação médica (escrita ou verbal), dependendo do dia do ciclo.
– Anotar medicamento(s) do(s) último(s): 30 dia(s).
– Jejum: Acima de 3 de idade, jejum mínimo necessário de 3 horas.
– A amostra deve ser colhidas conforme solicitação médica (escrita ou verbal), dependendo do dia do ciclo.
– Anotar medicamento(s) do(s) último(s): 30 dia(s).
– Jejum: Acima de 3 de idade, jejum mínimo necessário de 3 horas.
– Jejum não obrigatório.
– Preferencialmente colher antes das 9 horas da manhã.
– O cliente deve informar os medicamentos em uso nos últimos 30 dias, em especial hormônios tiroidianos, amiodarona e glicocorticóides.
– Caso o indivíduo faça uso de hormônio tiroidiano (Euthyrox®, Puran T4®, Levoid® ou Synthroid®), a coleta tem de ser realizada antes da próxima dose ou, no mínimo, quatro horas após a ingestão do medicamento.
– Estar, pelo menos, com 5 dias de dieta alimentar habitual, e na véspera do exame, jantar normalmente;
– Não ingerir bebida alcoólica 72 horas antes do exame;
– O peso deverá estar mantido por, pelo menos, 1 mês;
– Manter atividade física normal;
– Evitar a coleta do material após realização de cirurgias devendo aguardar, pelo menos 30 dias;
– Jejum: até 1 ano de idade, jejum necessário de 3 horas; de 1 a 5 nos de idade, jejum de 6 horas; acima de 5 anos de idade, jejum obrigatório de no mínimo 12 horas e no máximo de 14 horas
“Acima de 16 horas liberação ácidos graxos e aumento do triglicerídeo.”
– Água pode beber.
– O cliente deve escovar os dentes e bochechar com bastante água, tossir profundamente (tosse tipo diafragmática) e colocar o material no recipiente de coleta, estéril fornecido pelo laboratório, observando bem o processo para que a amostra obtida seja realmente escarro, e não saliva.
– O material deve ser entregue no laboratório após a coleta.
– No caso de uso prévio ou atual de antimicrobianos, deve ser informado o nome do medicamento. A administração de antimicrobianos não impede a realização da cultura, mas, em algumas situações, pode interferir no resultado.
– Anotar medicamento(s) do(s) último(s): 7 dia(s).
– Para mulheres, o teste deve ser feito de preferência entre o 20º e o 24º dia do ciclo menstrual (fase lútea) ou conforme solicitação médica. De qualquer modo, é necessário informar o dia do ciclo no momento da realização do exame.
– Recomenda-se que o cliente faça a coleta preferencialmente até duas horas após seu horário habitual de acordar.
– Anotar medicamento(s) do(s) último(s): 30 dia(s).
– Repouso mínimo de 20 minutos.
– Anotar medicamento(s) do(s) último(s): 30 dia(s).
Jejum: mínimo necessário de 4 horas.
– Não há necessidade de dieta específica para a realização do teste, mas é recomendada uma alimentação rica em fibras para facilitar a evacuação.
– Pacientes constipados podem utilizar o laxante Tamarine® ou supositório de glicerina.
– Três dias antes da coleta e no dia do exame, o cliente deve seguir rigorosamente as seguintes instruções:
– Não ingerir quantidade excessiva de bebidas alcoólicas;
– Não utilizar medicamentos que irritem a mucosa gástrica, tais como Aspirina®, antiinflamatórios não-esteróides e corticosteróides. Entretanto, a suspensão de qualquer medicamento deve ter o consentimento do médico assistente.
– Evitar sangramento gengival (com escova de dentes, palito…). Se ocorrer, informar ao Laboratório no momento da entrega do material.
– A amostra não deve ser contaminada com urina.
 – O material não pode ser colhido do vaso sanitário.
– Para crianças que usam fralda ou que estão com diarreia, a amostra pode ser obtida por meio de saquinho do tipo “coletor de urina” e entregue nesse mesmo invólucro.
– A amostra não pode ser colhida durante o período menstrual ou quando houver sangramento de hemorroidas. Neste caso, o cliente deve aguardar no mínimo 48 horas após o sangramento ter cessado.
– Em caso de uso de contraste radiológico por via oral, é necessário aguardar 72 horas para a coleta.
– O material precisa ser entregue até 12 horas após a coleta se for mantido refrigerado (2-8 ºC).
– A amostra não pode ser congelada.
– Anotar medicamento(s) do(s) último(s): 3 dia(s).
– A coleta deve ser feita até duas horas após o horário habitual de acordar ou conforme solicitação médica.
– O cliente deve informar os medicamentos em uso, especialmente hormônios esteróides.
Jejum: Não obrigatório.

– O exame deve ser realizado na primeira urina da manhã ou em qualquer outra amostra isolada desse material, desde que o cliente fique pelo menos duas horas sem urinar antes da coleta.
– Fazer uma higiene íntima rigorosa em sua casa, usando sabonete e água; enxaguar bem com água abundante e secar bem com uma toalha limpa.
– Abrir o frasco de coleta estéril retirando a tampa e tendo o cuidado de não tocar no interior da tampa;
– Sentar no vaso sanitário e com uma das mãos segurar o frasco, com a outra mão afastar os grandes lábios da vagina;
– Desprezar o primeiro jato da urina no vaso sanitário, coletar no copo descartável o jato do meio, mais ou menos (até a metade do copo) desprezando o restante da micção no vaso sanitário.
– Amostras colhidas fora do laboratório devem ser entregues em até uma hora, se em temperatura ambiente, ou até três horas, se refrigerado (2-8 ºC). O horário da coleta precisa ser anotado.
– O cliente não pode receber contraste radiológico nas 48 horas que antecedem o exame.
– No caso de uso prévio ou atual de antimicrobianos, o nome do medicamento precisa ser informado. A administração de antimicrobianos não impede a realização do exame, mas, em algumas situações, pode interferir no resultado.
– Anotar medicamento(s) do(s) último(s): 7 dia(s).
– Não há necessidade de tomar nenhum tipo de líquido nem de reter urina antes de realizar o exame.
– A coleta de urina não deve ser feita imediatamente após a prática de exercício físico vigoroso, mesmo do teste ergométrico, pois essa situação pode causar proteinúria.
– O primeiro jato de urina deve ser desprezado porque traz células e secreção que podem estar presentes na uretra, principalmente se existir um processo inflamatório e/ou infeccioso chamado uretrite. Quando se está preocupado com uma possível infecção urinária, é importante que o material examinado não seja “contaminado” com o que estiver na uretra. Daí a necessidade de desprezar o primeiro jato e coletar o jato médio, ou seja, uma urina que representa bem o material que está na bexiga.

VARIÁVEIS PRÉ-ANALÍTICAS

O conhecimento das variáveis pré-analíticas é fundamental na interpretação dos resultados de exames laboratoriais. Abaixo, descrevemos sumariamente algumas variáveis:

HORÁRIO DA COLETA
ATIVIDADE FÍSICA
DIETA
TABAGISMO
POSTURA
GARROTEAMENTO

0
Anos de Experiência
0
Mil Pacientes Atendidos
0
Milhões de Exames Realizados
0
Unidades